Tata Amaral, diretora de premiados longas-metragens, como “Um Céu de Estrelas” (1996), “Antônia – O Filme” (2006) e “Hoje” (2011), lança seu novo projeto, “Rua!”, uma série de 13 minidocumentários sobre manifestações artísticas e de cidadania nas ruas de São Paulo que serão projetados em fachadas e laterais de prédios da capital.

Realizado para a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, “Rua!” discute questões como urbanização, lazer, memória e diversas formas de apropriação do ambiente público, reconstruindo laços emocionais entre a metrópole e seus habitantes e revelando novos sentidos de pensar e criar o espaço urbano.

A estreia do projeto aconteceu na 1ª edição do Festival dos Direitos Humanos – Cidadania nas Ruas, que começou no dia 7 de dezembro e vai até o próximo dia 15, em São Paulo. A cineasta selecionou quatro episódios – com cerca de cinco minutos cada –, que serão exibidos juntos em diferentes pontos da cidade, como a Rua Augusta, a Praça do Patriarca e os muros do Cemitério da Consolação.

Os filmes abordam o Grupo XIX de Teatro e sua peça “Estrada do Sul”, encenada na Vila Maria Zélia, primeira vila operária do Brasil, localizada no bairro do Belenzinho; o 6emeia, dupla de artistas que utiliza bueiros e tampas de esgoto como “telas” para sua arte; a Horta Comunitária da Vila Pompéia, um terreno, onde existia apenas mato e lixo, e agora dá flores, frutas, temperos e verduras; e o coletivo TANQ_RosaChoq_, com artistas e ativistas conhecidos pelo “tanque” – carrinho de supermercado com um aparato de canhões de plástico em cor-de-rosa – que pilotam nas manifestações de rua de São Paulo.

Os outros nove minidocumentários de “Rua!” devem estar concluídos até março de 2014, quando a série ganha novas projeções em espaços públicos da cidade.

Confira a programação da exibição das obras:

13/12 (sexta-feira) – 20h – esquina das ruas Fernando de Albuquerque com a Rua Augusta
14/12 (sábado) – 20h – R. Augusta 1276, Cerqueira César